Um tumor é identificável quando atinge cerca de 1 centímetro cúbico, reunindo cerca de 1.000.000.000 células que já se encontram em sua trigésima divisão. Portanto, o auto-exame não é suficientemente bom para detectar a doença em fase inicial. A mamografia é a ferramenta de referência para a identificação precoce desse tipo de câncer, e também deve ser feita na menopausa, antes de tratamento de reposição hormonal. Se qualquer anomalia for detectada por mamografia, outros exames como ressonância magnética ou ulta-sonografia podem checar dados e, em caso de dúvida, uma biópsia dá o veredito.

O Blog Virgem em Câncer e Lua na Esperança! reúne sob diversas categorias e tags centenas de posts dedicados à busca da melhoria de qualidade de vida, e cura, de pacientes oncológicos, bem como prevenção. Contudo não trata o Blog do que não lhe é pertinente: fazer o papel de médicos especialistas. Procure sempre um especialista da área que busca informação. Informação é sempre a melhor ferramenta. Converse com seu médico.

Anúncios