A leucemia é uma doença maligna dos glóbulos brancos, ou leucócitos. Tem como principal característica o acúmulo de células jovens anormais na medula óssea, que substituem as células sanguíneas normais. A medula é um órgão líquido localizado no interior dos ossos, é a responsável pela produção dos componetentes sanguíneos: hemácias, leucócitos e plaquetas. Pelas hemácias, ou glóbulos vermelhos, o oxigênio é transportado dos pulmões para as células de todo o nosso organismo e o gás carbônico é levado destas para os pulmões, para ser expirado. Os leucócitos têm a função de combater microorganismos causadores de doenças por meio de sua captura ou da produção de anticorpos. Já as plaquetas compõem o sistema de coagulação do sangue. Os sintomas da doença decorrem do acúmulo dessas células na medula, prejudicando ou impedindo a produção dos glóbulos vermelhos, causando anemia, dos leucócitos, causando infecções, e das plaquetas, causando hemorragias.

Para tratamento de leucemia, o enxerto de medula óssea é utilizado nos casos de doença recidiva e alguns mielomas. A medula pode ser extraída do próprio paciente e reinjetada, processo chamado de transplante autogênico, ou pode ser vir de um doador e injetada no paciente, transplante alogênico. A medula é extraída através de punções nos ossos posteriores da bacia e é aspirada. Esta retirada não causa qualquer comprometimento à saúde do doador.

O Blog Virgem em Câncer e Lua na Esperança! reúne sob diversas categorias e tags centenas de posts dedicados à busca da melhoria de qualidade de vida, e cura, de pacientes oncológicos, bem como prevenção. Contudo não trata o Blog do que não lhe é pertinente: fazer o papel de médicos especialistas. Procure sempre um especialista da área que busca informação. Informação é sempre a melhor ferramenta. Converse com seu médico.

Anúncios