soyaDesde que estudos revelaram que é menor a incidência de câncer na população oriental graças ao consumo de isoflavonas (substâncias presentes principalmente na soja e em seus derivados, denominadas de fitoestrógenos, por apresentarem semelhança estrutural com os hormônios estrogênios, encontrados em maior concentração nas mulheres), muitas pessoas passaram a tentar incluí-las em seu cardápio. Passaram a consumir o farelo de soja, em forma de proteína texturizada (popularmente conhecida como carne de soja), sucos e o extrato de soja, erroneamente conhecido como leite de soja.
“A soja é rica em proteínas vegetais e fibras, que ajudam a reduzir o colesterol ruim e elevar o bom”, avisa Regina Stikan, chefe do setor de nutrição do Hospital São Camilo Pompéia, na capital paulista.

No entanto, de acordo com a profissional, é preciso incorporá-la de forma correta na dieta. “De nada adianta consumi-la apenas uma vez por semana, pois não surtirá feito”. Além disso, segundo Regina, as isoflavonas da soja amenizam os sintomas desagradáveis da menopausa.

Para completar, as isoflavonas também têm papel antioxidante e podem ajudar a combater os radicais livres, de acordo com o médico nutrólogo Celso Cukier do Hospital São Luiz/Morumbi. “Outros alimentos que têm ação antioxidante são o chá verde e o chocolate”, garante o nutrólogo, que acrescenta: “O caminho é ter uma alimentação saudável e incluir esses alimentos no cotidiano de forma correta. A dieta é um aliado e não um inimigo. Manter a higiene e também praticar atividades físicas também é importante”, finaliza.

Fonte: Agência do Estado

O Blog Virgem em Câncer e Lua na Esperança! reúne sob diversas categorias e tags centenas de posts dedicados à busca da melhoria de qualidade de vida, e cura, de pacientes oncológicos, bem como prevenção. Contudo não trata o Blog do que não lhe é pertinente: fazer o papel de médicos especialistas. Procure sempre um especialista da área que busca informação. Informação é sempre a melhor ferramenta. Converse com seu médico.

Anúncios