boa_noticia_canc_r_de_peleCom a ajuda de um espelho de mão e um outro de parede é possível examinar o corpo todo, ou pedir a ajuda de um amigo ou parente para auxílio.

Líder no ranking de tumores no Brasil, o câncer de pele faz 500 mil novas vítimas todo ano, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Os números são alarmantes, mas, apesar de todas as campanhas realizadas no país, muitas pessoas não se cuidam para evitar o problema.

Embora seja pouco divulgado, em comparação ao câncer de mama, o autoexame da pele pode ajudar a detectar anormalidades em tempo de identificar e tratar a doença. A prática foi um dos temas discutidos na palestra do dermatologista Mauro Enokihara, presidente do Grupo Brasileiro de Melanoma (GBM), durante Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, que aconteceu em Uberlândia (MG) em junho último.

O autoexame de pele é utilizado para examinar regiões do corpo de difícil visualização e, segundo Enokihara, deve ser feito a cada três meses. Os sinais que representam maior perigo são os que crescem de modo acelerado, que apresentam alteração de cor (escurecidos), com relevo, que sangram ou coçam.

Também podem ser sintomas da doença manchas na pele de aparência elevada e translúcida, com as cores avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida. O tumor também pode se apresentar como uma pinta preta ou castanha que muda de cor, textura e tamanho, por exemplo. Ou ainda como uma mancha ou ferida que não cicatriza e continua a crescer, causando coceira ou sangramento.

Caso note alguma anormalidade durante o autoexame, procure um dermatologista para que ele possa fazer o diagnóstico correto, utilizando os critérios A (assimetria), B (bordas), C (cor), D (diâmetro), além de uma dermatoscopia.

Passo a passo para o autoexame da pele:

• Examine-se em frente ao espelho observando frente e costas. Levante os braços para examinar as axilas.

• Observe mãos, braços e cotovelos, girando os membros em várias direções.

• Com um espelho pequeno examine a região genital, próximo ao ânus, coxas, pernas e pés. Não deixe de olhar também entre os dedos e as solas dos pés.

• Fique de frente para um espelho maior e utilize um espelho de mão para olhar a nuca. Levante e entreabra o cabelo na parte posterior da cabeça.

• Finalmente, verifique as costas e as nádegas com um espelho de mão.

• Anote a data e a aparência da pele em cada exame. Procure repeti-lo regularmente.

mulher-rosto-protetor-solar-sorrisoA melhor forma de prevenção
Não importa qual o seu tipo de pele, o filtro solar é obrigatório diariamente. Somente ele o protege completamente dos raios solares, por isso, deve ter um fator de proteção solar (FPS) adequado ao seu tipo de pele. Se tiver dúvida sobre qual produto escolher, pergunte ao seu dermatologista.
Lembre-se que não existe filtro solar à prova d’água, mas resistente à água. Ou seja, após um banho de mar ou piscina, é necessário reaplicar o produto.

Os homens devem usar o filtro solar em spray em áreas do corpo com pelos, como pernas, braços e tórax, pois esse tipo de produto se espalha facilmente.

As crianças também devem utilizar o filtro solar desde pequenas, para que assim possamos reduzir as taxas de câncer de pele no futuro.

Fonte: Revista Viva Saúde, por Carol Nogueira.

Anúncios