Informe publicitário publicado em A Tribuna

AOS PACIENTES DE RADIOTERAPIA DA EMPRESA “UNIRAD – UNIDADE DE RADIOTERAPIA E MEGAVOLTAGEM DE SANTOS S/C LTDA” ARRENDATÁRIA DOS SERVIÇOS DE RADIOTERAPIA DA SOCIEDADE PORTUGUESA DE BENEFICÊNCIA DE SANTOS

Sociedade Portuguesa de Beneficência e UNIRAD Unidade de Radioterapia e Megavoltagem de Santos S/C Ltda, em razão de matérias veiculadas no programa “Fantástico” da Rede Globo e na imprensa local, vêm por respeito aos seus pacientes, esclarecer pontos importantes e fundamentais que seguem abaixo:

1 – Em primeiro lugar, esclarecem as declarantes que o serviço de radioterapia da Sociedade Portuguesa de Beneficência é arrendado à sociedade empresarial denominada UNIRAD – Unidade de Radioterapia e Megavoltagem de Santos S/C Ltda, por força de contrato de arrendamento vigente desde fevereiro de 1.996. Assim, pelos termos do contrato vigente, toda responsabilidade pelos serviços e pelo fornecimento de material necessário ao regular desenvolvimento das atividades de radioterapia, a partir do mês de fevereiro de 1996, é de exclusiva responsabilidade da arrendatária -UNIRAD.

2 – Em segundo lugar, esclarecem as declarantes que do ponto de vista técnico, “o desgaste das fontes de Cobalto – 60” é fenómeno natural, inerente a todo radioisótopo conhecido como decaimento radioativo. No caso em tela, este decaimento foi da ordem de 1,1% ao mês, obrigando ao sistemático reajuste dos tempos de aplicação para que a dose correia seja liberada. Com a “atividade baixa da fonte”, o tempo de aplicação, que em regra geral é da ordem de 1 a 2 minutos, se prolonga, fazendo com que se leve cerca de 10 minutos para que a dose adequada seja liberada ao paciente. 0 aumento do tempo de aplicação se faz necessário para que o equipamento emita radiação na dose correta e para que todos os pacientes recebam tratamento com doses precisas e adequadas à sua condição clínica. Este aumento do tempo de aplicação, do ponto de vista médico e científico, não traz qualquer dano à saúde dos pacientes.

3 – Em terceiro lugar, esclarecem as declarantes que os serviços de radioterapia – por força de normas e legislações federais vigentes – passam periodicamente por rigorosa fiscalização da CNEN -Comissão Nacional de Energia Nuclear, através visitas regulares de inspeção. Em uma destas inspeções, a CNEN constatou alguns pontos que deveriam ser reparados pela arrendatária dos serviços-UNIRAD.

4 – Em quarto lugar, esclarecem as declarantes que os representantes legais da Sociedade Portuguesa de Beneficência apenas e tão somente tiveram conhecimento do resultado da inspeção feita pela CNEN no mês fevereiro de 2009, eis que, o resultado da inspeção foi remetido diretamente para um dos representantes legais da UNIRAD, Dr. Hilário Romanezi Cagnacci.

5 – Em quinto lugar, esclarecem as declarantes que antes mesmo do assunto ter chegado ao conhecimento do diligente representante do Ministério Público do Estado de São Paulo, os representantes legais da Sociedade Portuguesa de Beneficência abriram sindicância interna para apuração de todos os fatos, decidindo, através do seu relatório final, que todos os fatos apurados fossem encaminhados ao Conselho de Ética Médica da Sociedade Portuguesa de Beneficência (Conselho este subordinado ao Conselho Regional de Medicina) e ao Conselho Técnico Médico do Corpo Clínico da Sociedade Portuguesa de Beneficência, orientando ainda, que dependendo das conclusões dos órgãos acima, que todo o processado fosse remetido ao conhecimento do Ministério Público do Estado de São Paulo.

6 – Em sexto lugar, esclarecem as declarantes que os representantes legais da Sociedade Portuguesa de Beneficência, assim que tomaram conhecimento dos fatos se reuniram com autoridades reguladores e resolveram suspender -imediatamente e definitivamente – a utilização do equipamento radioterápico denominado Cobalto – 60.

7 – Em sétimo lugar, esclarecem as declarantes que a Sociedade Portuguesa de Beneficência já adquiriu novo equipamento de “bomba de cobalto” para continuidade dos serviços, destacando que a previsão de chegada ao país do aludido equipamento está inicialmente prevista para o próximo dia 10 de outubro do ano corrente, sendo certo, que tão logo o desembaraço alfandegário seja realizado o equipamento será transportada para a sede da Sociedade Portuguesa de Beneficência; instalado sob a supervisão técnica da CNEN e após os regulares testes de aceitação e controle de qualidade entrará em uso clínico regular.

As declarantes, por fim, se colocam à disposição dos pacientes para eventuais esclarecimentos adicionais necessários a respeito do tema, diretamente em sua sede, através de contato pessoal com o radioterapeuta responsável pelo seu programa de radioterapia.

Santos, 06 de outubro de 2.009.

Unirad – Unidade de Radioterapia e Megavoltagem de Santos Ltda Sociedade Portuguesa de Beneficência

Fonte: Portal Fausto Figueira, deputado estadual do PT paulista., em Vida e Saúde. Outubro, 8, 2009.

O Blog Virgem em Câncer e Lua na Esperança! reúne sob diversas categorias e tags centenas de posts dedicados à busca da melhoria de qualidade de vida, e cura, de pacientes oncológicos, bem como prevenção. Contudo não trata o Blog do que não lhe é pertinente: fazer o papel de médicos especialistas. Procure sempre um especialista da área que busca informação. Informação é sempre a melhor ferramenta. Converse com seu médico.

Anúncios