Segundo um estudo, a grande quantidade de gordura no corpo provoca um descontrole na produção de insulina e de hormônios, o que pode levar ao câncer.

O resultado de um estudo, divulgado nesta quinta-feira nos Estados Unidos, traçou uma relação entre o câncer a obesidade.

O risco é maior a cada dia no país onde a obesidade virou preocupação nacional. O Instituto Americano de Pesquisa de Câncer descobriu que nos Estados Unidos, 100 mil casos da doença por ano estão ligados ao excesso de peso.

Segundo o estudo, a grande quantidade de gordura no corpo provoca um descontrole na produção de insulina e de hormônios, o que pode levar ao câncer.
A obesidade em mulheres que já passaram da menopausa, por exemplo, eleva o nível de estrogênio, o hormônio feminino em circulação no sangue. Isso poderia causar câncer de mama e do endométrio, a camada que reveste o útero.

A obesidade também é fator de risco para o surgimento de outros tipos de câncer: no fígado, pâncreas, vesícula, esôfago, rins, reto e cólon.

Os pesquisadores querem mostrar a importância da prevenção da obesidade, que pode evitar muitas mortes e também um gasto astrônomico para o governo. Todos os anos a Casa Branca gasta o equivalente a R$ 258 bilhões na saúde, com problemas relacionados ao excesso de peso.

O objetivo é incentivar a substituição de doces e frituras por frutas e legumes. Uma questão de economia e, principalmente, de vida.

Matéria completa no Jornal Nacional, da Rede Globo. Novembro, 6, 2009.

O Blog Virgem em Câncer e Lua na Esperança! reúne sob diversas categorias e tags centenas de posts dedicados à busca da melhoria de qualidade de vida, e cura, de pacientes oncológicos, bem como prevenção. Contudo não trata o Blog do que não lhe é pertinente: fazer o papel de médicos especialistas. Procure sempre um especialista da área que busca informação. Informação é sempre a melhor ferramenta. Converse com seu médico.

Anúncios