O MPF (Ministério Público Federal) no Paraná pediu na Justiça aplicação de multa de R$ 250 mil contra o governador do Estado, Roberto Requião (PMDB), por declarações em que relacionou a ocorrência de câncer de mama em homens às reuniões de grupos homossexuais.

Durante o programa “Escola de Governo”, da TV Educativa do Paraná, Requião falava sobre ações do governo na área da saúde da mulher, quando disparou: “Embora hoje câncer de mama seja uma doença masculina também. Deve ser consequência dessas passeatas gay.

Além disso, a Procuradoria acusa o governador de utilizar a emissora de TV do Estado para ridicularizar o engenheiro agrônomo Lauro Akio, do Iapar (Instituto Agronômico do Paraná). Requião teria se referido a ele como “gafanhoto” e “Kung Fu” e ameaçado demiti-lo por críticas à falta de estrutura da instituição.

Roberto Requião foi proibido, pela Justiça Federal, de utilizar a programação da TV Educativa para autopromoção ou realizar ataques a adversários. De acordo com informações do MPF, o governador já foi multado quatro vezes, num total de R$ 850 mil por descumprimento dessa decisão judicial.

A última delas, no valor de R$ 200 mil, foi imposta em agosto de 2009, em razão dos ataques feitos ao prefeito de Curitiba, Beto Richa, seu adversário político. O peemedebista, cuja pré-candidatura à presidência foi lançada por uma dissidência do partido, rebate as acusações e alega sofrer censura por dizer o que pensa.

Fonte: Última Instância. Novembro, 25, 2009.

O Blog Virgem em Câncer e Lua na Esperança! reúne sob diversas categorias e tags centenas de posts dedicados à busca da melhoria de qualidade de vida, e cura, de pacientes oncológicos, bem como prevenção. Contudo não trata o Blog do que não lhe é pertinente: fazer o papel de médicos especialistas. Procure sempre um especialista da área que busca informação. Informação é sempre a melhor ferramenta. Converse com seu médico.

Anúncios