Cientistas israelenses desenvolveram aparelhos microscópicos capazes de detectar sinais de câncer, antes de o tumor ser perceptível, e liberar remédios para o tratamento, publicou a revista Nature.

A pesquisa liderada por Ehud Shapiro, do Instituto de Ciência Weizmann, está em testes, mas pode levar à nanoclínica e drogas inteligentes, que permaneceriam no corpo humano e o tratariam automaticamente.

Em vez de chips de silício e circuitos elétricos, a pequena máquina é feita de DNA. E é tão minúscula, que numa gota d’água cabem bilhões de unidades.

Esses biocomputadores têm sensores que detectam sinais do RNA, molécula similar ao DNA, particularmente indicando anormalidade em genes ligados ao câncer de pulmão e próstata. Ao detectar esses sinais, o bioaparelho lança uma droga anticâncer, também feita de material genético.

Ainda faltam décadas, mas as futuras gerações de computadores de DNA poderão funcionar dentro das células“, comentou Shapiro.

Os computadores de DNA não são inteiramente novos, mas esta é a primeira vez que a resposta do computador é de ordem biológica, o que significa que se poderia acoplar ao corpo humano.

O bioaparelho ainda passará por muitos testes, como funcionar em tecidos celulares, em organismos simples, em mamíferos e só depois em humanos.

Fonte: Jornal do Brasil. Abril, 30, 2004.

O Blog Virgem em Câncer e Lua na Esperança! reúne sob diversas categorias e tags centenas de posts dedicados à busca da melhoria de qualidade de vida, e cura, de pacientes oncológicos, bem como prevenção. Contudo não trata o Blog do que não lhe é pertinente: fazer o papel de médicos especialistas. Procure sempre um especialista da área que busca informação. Informação é sempre a melhor ferramenta. Converse com seu médico.

Anúncios