A partir de agora você irá conhecer alguns detalhes do tratamento ao qual irá se submeter. Para começar, saiba que o tratamento do linfedema exigirá de você uma boa dose de força de vontade e perseverança. Tenho certeza que estas são as suas qualidades mais marcantes, afinal você já passou pelo que passou e está aí mais forte do que antes, não é?

Entender a importância da técnica e de cada fase irá contribuir para o sucesso do tratamento e também a fará suportar algum eventual desconforto, além de prepará-la psicologicamente para esta nova empreitada. Então, vamos lá?

O Início do tratamento – O primeiro dia será reservado para a avaliação, exame físico, orientações, explicação do tratamento e determinação do material necessário para as sessões.

Avaliação e Exame Físico: mesmo com o diagnóstico confirmado pelo médico, o fisioterapeuta fará sua própria avaliação e exame físico, que serão importantes para o tratamento. Nesta fase algumas questões (como as que estão abaixo) deverão ser respondidas por você.

Portanto prepare-se para elas e se necessário, faça anotações para não esquecer algum detalhe e leve-as no dia da avaliação.

1. Como e quando apareceu o linfedema?
2. Sente dor? Com que freqüência? Em que situações sente dor?
3. Tem outra doença além do linfedema?
4. Tem alguma alteração na pele?
5. Fez radioterapia?
6. Houve alguma complicação pós-cirúrgica?
7. Toma medicamentos? Quais?

OBS: Provavelmente serão solicitados os seus exames atuais e antigos, leve-os com você!

Após esta entrevista inicial, o exame será iniciado através da verificação do estado da sua pele, do edema e sua extensão. O fisioterapeuta fará algumas medidas e anotações.

A automassagem poderá ser orientada e ensinada de maneira simples e fácil compreensão, assim como alguns exercícios para serem realizados em casa. Qualquer dúvida em relação aos exercícios, a massagem ou aos cuidados com a pele devem ser sanados, aproveite as sessões com o seu fisioterapeuta, que na primeira fase do tratamento serão diárias, para esclarecer estes e quaisquer outros problemas relacionados ao seu tratamento.

É importante lembrar que o tratamento do linfedema envolve um conjunto de ações, todas importantes para a obtenção de bons resultados. Você e o seu fisioterapeuta são a partir de agora uma equipe com um desejo em comum: o sucesso!

A Primeira Fase do Tratamento:

O tratamento irá se dividir em duas fases. A primeira fase é mais intensa e as sessões poderão ocorrer diariamente.

Dependendo do grau do linfedema, a sessão poderá ser iniciada pela Pressoterapia após algumas manobras de desobstrução dos linfonodos. A pressoterapia é realizada através de um aparelho ligado a uma luva que exercerá pressão no seu braço com o intuito de diminuir o edema e dar mobilidade à pele. O fisioterapeuta é que decidirá sobre a necessidade ou não da utilização deste aparelho.

Será realizada a Linfodrenagem Manual que tem por objetivo reduzir o edema. Esta técnica é realizada manualmente nas regiões de drenagem do membro acometido que estejam livres de edema ou onde a pele do edema já esteja móvel suficientemente para permitir as manobras. Não se surpreenda se no primeiro dia a linfodrenagem se limite ao seu tronco, a linfa está sendo estimulada e conduzida corretamente.

Em seguida, o enfaixamento compressivo funcional que irá garantir a manutenção do que foi alcançado na sessão até o dia seguinte e auxiliar na diminuição do edema quando associado aos exercícios. O enfaixamento deve permitir a movimentação de todas as articulações, avise o fisioterapeuta sobre qualquer sensação desconfortável. Um desconforto natural e que deverá ser suportado é o calor proporcionado pelas sucessivas camadas de faixas utilizadas neste procedimento. Seja forte, pois este procedimento é essencial para os bons resultados.

Com o enfaixamento pronto passarão agora aos Exercícios Linfocinéticos que deverão ser realizados sempre após o enfaixamento, senão terão efeito contrário e o edema aumentará.

A primeira sessão terminou e você irá para casa com o enfaixamento e permanecerá com ele até a próxima sessão.

Assim será a primeira fase do tratamento que irá durar até a redução máxima do edema quando passará a segunda fase ou de manutenção que iremos comentar em nosso próximo encontro.

Fonte: por Vera Lúcia Miranda, Fisioterapeuta e Fisiologista do Exercício, Especialista em Linfedema, Membro da Sociedade Brasileira de Flebologia e Linfologia para Oncoguia. Maio, 26, 2008.

O Blog Virgem em Câncer e Lua na Esperança! reúne sob diversas categorias e tags centenas de posts dedicados à busca da melhoria de qualidade de vida, e cura, de pacientes oncológicos, bem como prevenção. Contudo não trata o Blog do que não lhe é pertinente: fazer o papel de médicos especialistas. Procure sempre um especialista da área que busca informação. Informação é sempre a melhor ferramenta. Converse com seu médico.

Anúncios