Cientistas descobriram que o extrato do melão-de-são-caetano, também conhecido como melão amargo, age contra reações químicas que provocam o crescimento do câncer de mama. A fruta inibia sinais que estimulavam a divisão de células da doença e, além disso, encorajava estas células a se matarem. O resultado da pesquisa foi publicado na última edição da revista Cancer Research.

O mamão-de-são-caetano é cultivado na Ásia, África e América do Sul. Os pesquisadores esperam que seu extrato, usado popularmente há muitos anos como um remédio para diabetes e infecções, possa ser usado como um suplemento dietético para pacientes com câncer de mama, parando a recorrência da doença.

Coautor do estudo, Rajesh Agarwal, da Universidade do Colorado, ressaltou que ainda é necessário fazer novos testes. De acordo com o cientista, ainda não há provas de que a ingestão em grande quantidade da fruta ofereça qualquer proteção contra o câncer.

Jessica Harris, outra participante do estudante, também pediu cautela, “vários compostos químicos de plantas conseguem matar células cancerígenas no laboratório, mas poucos acabam tendo utilidade como drogas durante um tratamento” – pondera. “Ainda teremos muito trabalho, inclusive com experiências em humanos, antes de sabermos se esse estrato provoca efeitos colaterais indesejáveis e se pode beneficiar pacientes com câncer.“.

Segundo os cientistas, há evidências “atualizadas e confiáveis” de que ingerir menos álcool, praticar exercícios físicos e manter um peso saudável reduz o risco de câncer de mama.

Fonte: Jornal O Globo. Março, 5, 2010.

O Blog Virgem em Câncer e Lua na Esperança! reúne sob diversas categorias e tags centenas de posts dedicados à busca da melhoria de qualidade de vida, e cura, de pacientes oncológicos, bem como prevenção. Contudo não trata o Blog do que não lhe é pertinente: fazer o papel de médicos especialistas. Procure sempre um especialista da área que busca informação. Informação é sempre a melhor ferramenta. Converse com seu médico.