Uma pesquisa mostra que nos anos 70, 80% dos diagnósticos eram tardios e só 40% dos pacientes se curavam. Com o mamógrafo, em 80% dos casos a doença é detectada no início e a sobrevida é de quase 90%.

Um exame de saúde fundamental para as mulheres ganhou uma data comemorativa. Cinco de fevereiro é o Dia Nacional da Mamografia.

Esse exame ajuda muito a salvar a vida de mulheres que têm câncer de mama, principalmente quando a doença é diagnosticada bem no início.

Ir ao hospital é uma obrigação que a psicóloga Dumara Mendes cumpre sem reclamar. Há cinco anos, depois de uma mamografia de rotina, ela descobriu um tumor em fase inicial.

Era muito pequenininho e estava no meio do seio, então não tinha como sentir. Aí só através da imagem”.

Com o diagnóstico precoce, Dumara fez cirurgia para tirar o nódulo e nem precisou de quimioterapia.

A mamografia é capaz de mostrar alterações tão pequenas quanto a ponta de um alfinete. E é aponta mesmo, não a cabeça. Com esse exame, a doença pode ser diagnosticada até dois anos antes do tumor se tornar palpável.

Uma pesquisa feita com pacientes do hospital A.C. Camargo em São Paulo mostra que nos anos 70, 80% dos diagnósticos de câncer de mama eram tardios e só 40% dos pacientes se curavam.

Hoje, com o mamógrafo, o quadro se inverteu no hospital: em 80% dos casos a doença é detectada bem no início e o índice de sobrevida chega perto de 90%.

A mamografia reduz a mortalidade, detecta lesões mais precocemente. É incômodo para algumas mulheres, com certeza, não é tão agradável, mas ainda é um recurso que eu tenho”, explicou Maria do Socorro Maciel, diretora de mastologia do A.C. Camargo.

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. O Instituto Nacional de Câncer estima que 49 mil novos casos sejam registrados este ano em todo país. Os médicos indicam mamografia periódica para quem tem mais de 40 anos, histórico da doença na família ou nódulos no seio.

Estou tranquila porque sei que estou sendo acompanhada e se tiver problema vou ser diagnosticada a tempo, que é tudo mais fácil”, disse a empresária Edna Correia de Brito.

O vídeo da reportagem pode ser visto no portal G1, no Jornal Nacional, da Rede Globo, na edição de 5 de Fevereiro de 2010.

O Blog Virgem em Câncer e Lua na Esperança! reúne sob diversas categorias e tags centenas de posts dedicados à busca da melhoria de qualidade de vida, e cura, de pacientes oncológicos, bem como prevenção. Contudo não trata o Blog do que não lhe é pertinente: fazer o papel de médicos especialistas. Procure sempre um especialista da área que busca informação. Informação é sempre a melhor ferramenta. Converse com seu médico.